quinta-feira, 9 de abril de 2009

Microsoft pirateia sistema para evitar pirataria?


E se o sistema anti-pirataria do Windows fosse pirata? A Microsoft foi condenada por um juiz em Rhode Island a pagar US$ 388 milhões à empresa Uniloc. Por quê? A gigante de software quebrou o direito de patentes da Uniloc ao utilizar um sistema para proteger seus produtos da pirataria.
Na prática, quebrou os direitos autorais de terceiros para proteger os seus.
Segundo Larry Dignan, do ZD Net, o processo remonta a setembro de 2003, e ainda não deve se encerrar, já que a empresa do aposentado Bill Gates pretende apelar da decisão.
O sistema patenteado da Uniloc permite a ativação de softwares apenas sob licença, uma medida para combater a pirataria de seus produtos. Ele vincula o software à uma máquina específica, assim, os usuários podem reinstalar o software diversas vezes na máquina, mas não podem usá-lo em outros PCs.
"Acreditamos que não infringimos, que a patente é inválida e que a multa não tem bases legais ou factuais. Pediremos uma revisão do veredicto à corte", afirmou, em comunicado, a Microsoft. Não deixa de ser irônico que uma empresa que vive do software proprietário tenha avançado na propriedade alheia.

Fonte: ClicRbs

Um comentário:

fadel32 disse...

ando com nojo desses merdas da microsoft,pena que nada que fazem,fazem direito,o crack do vista,foi feito em 2h depois de lancado....belo post

>